Dilma quer liberdade da Internet brasileira

A Presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, pretende criar ações radicais e práticas após receber denúncias que o Governo Estadunidense espionou o seu governo; Segundo a presidenta, ela pretende trazer Servidores estrangeiros ao Brasil, em razão da privacidade no Brasil. A ameaça principal é fazer com que sites e serviços mais acessados pelos brasileiros, de grandes empresas, como a Google, Facebook, e Microsoft tenham servidores próprios no Brasil. Dilma ainda, cancelou a sua visita com o Presidente Barack Obama que estava marcada para Outubro, em razão do descontentamento que criou após o governo dela ser espionado. Além disto, poderá existir um Serviço de E-Mail nacional, que será desenvolvido pelos Correios e uma ligação de Fibra Óptica diretamente com Países da Europa e entrelaçada com países da América Latina, tudo para evitar contato e espionagem com os Estadunidenses.